Infectlab Tecnologies


YouTube com legendas?

Sim. YouTube com legendas!

Youtube com Legendas!

O dotSUB é um site que adiciona legendas, inclusive em português, a vídeos na web. Funciona de forma colaborativa, são os próprios usuários que montam e aprovam as legendas. No site dá para ver alguns vídeos com legendas [ é só ir em “watch” e escolher o idioma]

A importância das legendas não é a de apenas quebrar barreiras do idioma, mas a de tornar os vídeos mais acessíveis. Permitir que pessoas surdas, por exemplo, possam aproveitar a “revolução do YouTube”.

Quer ver o negócio funcionando na prática? Veja o vídeo em que a ferramenta é apresentada no Rocketboom.

Em IMHO, o dotSUB é um sinal de quanto os sites de vídeos ainda precisam melhorar e de como ainda existem barreiras na internet. Mas que podem ser quebradas facilmente.

Você que manja de inglês e tem um tempinho sobrando, aproveita e participa do projeto. Treina o inglês e ainda ajuda as pessoas.


Enfim, férias…

Até que enfim consegui tirar as mais merecidas férias de todas. Estou nesse momento de saída para o aeroporto. Após um ano de conclusão de curso superior, consegui tirar as minhas férias. Agora é praia, amor e curtição. Em fevereiro eu volto com mais novidades.

Abraços especiais aos meus leitores.

Atenciosamente,
Andrei Stakovic


Apresentando o Iphone

A interface não tem botões. É tudo no toque de tela

Após muitos, muitos rumores e hoaxes, finalmente foi revelado o iPhone . Steve Jobs anunciou, durante a Macworld, o gadget, que é um smartphone e reúne em um único aparelho – celular, iPod, câmera digital [2 megapixel] e handheld.

Para o blog Between The Lines, o próprio iPod será um dos maiores perdedores com o lançamento do gadget. As vendas do iPod cairão com o iPhone. Para o Lostremote, a Apple reinventou o telefone.


Juiz pede a desinterdição do site Youtube no Brasil

O juiz da 4.Câmara de Direito Privado, Enio Santarelli Zuliani, divulgou um novo despacho, conseguido pelo Consultor Jurídico, sobre o caso Daniela Cicarelli/Renato Malzoni Filho e o vídeo divulgado pelo site Youtube, no qual agora pede o desbloqueio do site e diz: “Oficie-se com urgência para que o Juízo transmita a contra-ordem, por sistema rápido de comunicação, de forma a concretizar o desbloqueio do site Youtube, mantida a determinação para que se tomem providências no sentido de bloquear o acesso ao vídeo de filmagens do casal, desde que seja possível, na área técnica, sem que ocorra interdição do site completo”.

Diz ainda o juiz que “o bloqueio do site está gerando uma série de comentários, o que é natural em virtude de ser uma questão pioneira, sem apoio legislativo”. E ele explicou também que “o incidente serviu para confirmar que a Justiça poderá determinar medidas restritivas, com sucesso, contra as empresas, nacionais e estrangeiras, que desrespeitarem as decisões judiciais. Nesse contexto, o resultado foi positivo”. O despacho divulgado mostra que o juiz ficou satisfeito com o cumprimento de sua determinação.


Telefônica também entra na onda da censura ao YouTube.

A Telefônica também já está com o bloqueio. E a resposta dos usuários vem na forma de protesto, ‘boicote’ e bom humor.


Justiça brasileira não está preparada para a Web 2.0

Justiça Brazuca VS TouTube.
Conseguiram! Bloquearam o acesso ao YouTube. Por enquanto, somente usuários da Brasil Telecom estão com o site bloqueado. Se fosse a Cicarelli, não saía mais na rua. Imagina se encontra algum usuário de internet. Cadê meu YouTube? Também agora vem o troco de usuários e… crackers. Não quero nem ver!

Quem diria… o YouTube vai virar símbolo de liberdade de expressão na rede no Brasil, assim como a Wikipedia se tornou na China. A questão é mais sobre uma decisão desproporcional da Justiça brasileira e a falta de conhecimento, por parte de um magistrado, de como funciona a dinâmica de um site que trabalha com conteúdo autogerado por usuários – Web 2.0. No final, virou um caso internacional de censura na rede.

É só questão de tempo para a RSF e a EFF começarem a apitar lá fora contra a decisão. E o Brasil entrar na lista dos países que censuram a rede. Conseguiram!


Noiva diz “não” de brincadeira e suspende casamento

Nem sempre piadas de casamento são engraçadas. Uma noiva austríaca resolveu dizer “não” em vez de “sim” ao ser perguntada se aceitava seu futuro marido. A brincadeira não agradou ao juiz de paz, que imediatamente interrompeu a cerimônia.

Nem apelos da noiva conseguiram reverter a decisão e o casal teve que esperar dois meses e meio para poder voltar ao altar e formalizar a união, segundo o jornal austríaco Oberoesterreichischen Nachrichten.

Autoridades do escritório de Steyr, onde ocorreu a confusão, se recusaram a comentar o incidente, mas disseram que o fato é incomum.


Quer o seu nome no HALL da FAMA?

Coloque seu nome no HALL da FAMA!
No IMAGECHEF, você pode colocar seu nome no HALL da FAMA ou entalhar ele em uma árvore. Vale a pena conferir.


YouTube bloqueado na maioria dos Estados Brasileiros.

Usuários relatam que, pelo menos desde ontem, não estão conseguindo mais acessar o YouTube: “Antes de bloqueado totalmente, dava um erro 505”, revelou Jaison Perazza, estudante, que é usuário do youtube.

Na terça-feira, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou, por liminar, que o site norte-americano ficasse inacessível para brasileiros até que o vídeo da modelo Daniela Cicarelli e do namorado Tato Malzoni fosse removido do ar. Mas até agora, aparentemente, nenhuma medida foi tomada na prática.

Inicialmente, Cicarelli e Malzoni entraram com duas ações, uma das quais exigindo que o vídeo fosse removido dos sites YouTube, Globo e Internet Group (IG), que faz parte das operações da Brasil Telecom. Somente as duas empresas brasileiras acataram decisão judicial. Por isso, uma terceira ação foi movida contraa o YouTube, na verdade, uma plataforma na qual os usuários publicam os próprios vídeos.

O vídeo protagonizado por Daniela Cicarelli e Tato Malzoni é o quinto lugar no ranking dos Top 10 do Google Video, site do gênero que perde somente para o YouTube em popularidade. Ambos pertencem ao Google e devem ser integrados nos próximos meses.


Brasileiro não fica sem PC, diz pesquisa

A maioria dos brasileiros não consegue ficar sem um computador. Esse é um dos fatores que estimulam a compra de novos equipamentos.

A conclusão vem de uma pesquisa feita pela consultoria Direkt sobre os hábitos de consumo do brasileiro. O estudo foi encomendado pela HP e realizado durante os últimos seis meses, em São Paulo, com compradores de desktops para uso doméstico.

De acordo com a pesquisa, para muitos usuários o PC tem hoje o papel que a TV tinha anos atrás. Por isso, essas pessoas já não conseguem ficar sem o computador. Além disso, outro fator que impulsiona a venda de computadores é a necessidade de acesso à informação, ferramentas de comunicação e entretenimento. Para decidir a compra, os entrevistados afirmam levar em conta a qualidade, a marca e o preço dos desktops.

Outros dois aspectos que chamam a atenção no estudo é a preferência dos consumidores pelos monitores LCD em vez dos CRT (tubo) e o aumento da procura de modelos com configurações mais avançadas.

Considerando os compradores de máquinas HP, cerca de 20% dos entrevistados tinham como fator fundamental para a compra a qualidade do produto. Outros 10,4% consideraram o desempenho e a velocidade da máquina como fatores determinantes para a decisão. Para 8,2% deles, o design foi o item mais importante na escolha do equipamento, enquanto a marca HP foi essencial para cerca de 7%.

Na hora de acessar a internet, 65% dos usuários HP usam banda larga e 35% têm o acesso discado. O tempo de conexão por dia dura, em média, de uma a duas horas.